Maior complexo hospitalar do Norte e do Nordeste, o Real Hospital Português (RHP), em Recife, deu seus primeiros passos em 1855, quando o médico José D’Almeida Soares Lima Bastos, o então presidente do Gabinete Português de Leitura, reuniu membros da colônia portuguesa e fundou o primeiro hospital beneficente de Pernambuco, que inicialmente funcionou como centro de resistência para tratar as vítimas da epidemia de cólera que acometia a população na época.

Topo