Mantenedores

Ecoquest apresenta suas tecnologias para o mercado de refrigeração e ar condicionado nacional, na Bahia

Durante o XVIII Encontro Nacional de Projetistas e Consultores, em Salvador, os especialistas da empresa participarão da exposição de novas tecnologias e do congresso, para mostrar a importância da boa qualidade do ar em ambientes internos

 

A região nordeste é responsável por 19% do consumo de ar condicionado no país. Diante desse cenário, a EcoQuest do Brasil participará, nos dias 28, 29 e 30 de novembro do XVIII Encontro Nacional de Projetistas, que será realizado na Bahia. Na ocasião, a empresa vai expor suas principais tecnologias para o tratamento do ar interno e de superfícies. Paralelo à exposição, seus especialistas vão discutir, em palestras, temas como: controle de odores, limpeza de sistemas, monitoramento dos parâmetros de qualidade do ar e apresentar cases de sucesso.

 

O evento, que é organizado pelo DNPC – Departamento Nacional de Empresas Projetistas e Consultores da ABRAVA – Associação Brasileira de Refrigeração, Ar-condicionado, Ventilação e Aquecimento, terá como tema principal “A excelência do projeto de ar condicionado e seu reflexo no conforto e custo operacional”. A proposta é mostrar que um projeto de climatização bem realizado traz ganhos imensos quando se fala em bem estar físico e financeiro.

 

De acordo com Henrique Cury, membro da ABRAVA e diretor da EcoQuest, os aparelhos de ar condicionado podem se tornar o foco da geração de microorganismos contaminantes e prejudiciais à saúde e, inclusive, interferir na produtividade dos habitantes daquele ambiente. Estudos comprovam que ambientes saudáveis, com boa iluminação, boa qualidade do ar, entre outros fatores, podem gerar aumentos de 8% a 11% na produtividade.

 

Além disso, a correta manutenção desses equipamentos pode gerar economia na conta de luz, 60% do consumo de energia de uma edificação vem dos sistemas de ar-condicionado. Há tecnologias que permitem diminuir ate 40% essa conta. Portanto, podendo chegar a uma redução de aproximadamente 20 a 25 % no gasto com energia.

 

Muitos edifícios herméticos usam sistemas de HVAC (Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado), que permitem a renovação parcial do ar, que podem gerar umidade, contaminação e prejuízos à qualidade do ar interior. “Além de resolver esses problemas, as nossas soluções, sejam preventivas ou corretivas, geram melhorias na qualidade do ar, trazem redução no consumo de energia”, destaca Cury.

 

Ele explica ainda que o tratamento da serpentina do ar condicionado é essencial para a saúde dos ambientes e para a economia de energia obtida quando o equipamento funciona melhor. A solução que garante a descontaminação dos aparelhos de ar condicionado é a Irradiação Ultravioleta Germicida (IUVG), que elimina os germes por meio de uma luz UV instalada na serpentina.

 

Sobre a EcoQuest: A EcoQuest do Brasil e a Silux, unidade de negócios para serviços de descontaminação de interiores, trabalham no mercado de soluções para o tratamento do ar interno e de superfícies desde 2006. Com sede em São Paulo, a empresa conta com representantes credenciados nos demais estados brasileiros. Especializada em soluções integradas para o tratamento do ar em ambientes fechados, a EcoQuest atua em hospitais, laboratórios, indústrias farmacêuticas, indústrias alimentícias, restaurantes, bancos, escritórios, livrarias, lojas, shoppings centers, hotéis, escolas, academias, empreendimentos em fase de obra e residências.  Saiba mais: www.ecoquest.com.br

 

Entre para postar comentários
Topo