Partidas Inundadas no Compressor - Problemas

As partidas inundadas podem ser diagnosticadas pelo simples aumento no nível do óleo que se pode observar no visor de líquido. Durante o start-up, nota-se presença de espuma por alguns segundos ou até mesmo minutos. Quanto mais tempo essa espuma permanecer, maior será a extensão do desgaste e dos estragos.


Os engenheiros podem identificar esses sinais facilmente, mas as falhas acarretadas no compressor podem ser confundidas com as geradas por retorno de líquido, uma vez que os componentes danificados ficam muito parecidos na inspeção.

Em casos mais extremos, a mistura de óleo e líquido refrigerante pode escorrer para dentro dos cilindros pelas válvulas de sucção. Essa mistura não pode ser totalmente comprimida e acaba levando, em muitos casos, à quebra das válvulas de sucção, com consequente quebra das coroas do pistão e danos às gaxetas e válvulas de descarga. Nesses casos extremos, o problema geralmente é atribuído ao golpe de líquido.

 

Danos às válvulas de descarga
 devido a golpe de líquido. A mistura
 de óleo e líquido não pode ser totalmente
 comprimida e resulta em quebra das
 válvulas de descarga e até mesmo dos
 pistões.

 

Causas mais frequentes para a partida inundada 

 

1. Sobrecarga do sistema;
2. Temperatura do cárter mais baixa que a do evaporador;
3. Longos períodos de parada do compressor;
4. Compressor instalado em ambiente muito frio e exposto a vento;
5. Aquecedor do cárter com defeito ou com potência insuficiente para atingir a temperatura necessária para o óleo;
6. Falta de recolhimento ou pump down;
7. Válvula solenoide com vazamento. 

 

Como evitar o problema 

1. Utilize um sistema de recolhimento ou pump down;
2. Use um aquecedor de cárter tipo cinta e também uma manta térmica;
3. Instale o compressor em uma área mais quente. 

 

Estragos mais comuns às peças do compressor 

1. Mancais sem lubrificação;
2. Desgaste nas superfícies dos mancais;
3. Bielas travadas e quebradas;
4. Travamento nos mancais principais;
5. Compressor completamente danificado;
6. Mancais mais próximos do ponto de lubrificação em bom estado. Mancais mais distantes danificados;
7. Resíduos das bielas fundidos e aderidos ao virabrequim devido à falta de lubrificação nos mancais. 

 

 

Entre para postar comentários

Mantenedores

Topo